Buscar
  • Núcleo Girassóis

Ludoterapia

Melanie Klein (1882-1960) ao observar o comportamento das crianças durante o brincar desenvolveu a ludoterapia como método a fim de acessar o inconsciente bem como memórias e experiências recalcadas.



Essa é a técnica psicoterápica voltada para o atendimento infantil e baseia-se no fato de que brincar é um meio natural de auto-expressão da criança. A brincadeira é a principal ferramenta dessa abordagem. As crianças possuem um modo peculiar de se expressarem que nem sempre é lógico e dificulta a comunicação direta. É no brincar que o psicólogo tem acesso ao mundo interior da criança e consegue ajudá-la a superar conflitos e desafios que a afligem. A brincadeira vem para estimular insights e pensamentos. Brincando, fantasias, interesses e projeções se relacionam com o mundo real possibilitando descobrir a origem do problema.

A ludoterapia é eficaz no tratamento de traumas, mas também possibilita ações psicoeducativas, conforme estudos de Anna Freud (1895-1982).



A criança não consegue compreender suas emoções, pensamentos e interpretações do mundo exterior. A ludoterapia proporciona condições para a auto-expressão espontânea e elaboração.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo